Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.
iniciando a vida sexual
Ter responsabilidade e controle do próprio corpo é importante e ajuda a se prevenir de muitos problemas. Quando a menina inicia a vida sexual, esses cuidados são ainda mais necessários. Conhecer bem o próprio ciclo menstrual, prestar mais atenção no sinais que seu corpo dá, entender como se prevenir de uma gravidez indesejada e tirar dúvidas com um profissional de saúde para que você tenha uma vida saudável são alguns dos itens desse lista. Separamos 5 dicas que você precisa saber a partir de agora!

Algumas doenças podem ser transmitidas através do sexo

As DSTs, como são chamadas as doenças sexualmente transmissíveis, são complicações causadas por vírus, bactérias e outros microorganismos que são transmitidos durante a relação sexual sem proteção. Essas doenças possuem diferentes graus de gravidade e geralmente são manifestadas através de bolhas, verrugas, feridas, corrimentos e odor vaginal muito forte. As mais conhecidas são: AIDS, HPV, herpes, tricomoníase, clamídia e gonorréia, mas também existem outros tipos.

Caso o parceiro esteja infectada e vocês não estiverem usando camisa, você também pode ser infectada. Por isso, o uso do preservativo é indispensável em qualquer relação sexual, tá?

Existem diversos tipos de métodos contraceptivos

Se você já foi ao ginecologista provavelmente ele já deve ter falado sobre a importância do método contraceptivo para prevenir a gravidez indesejada. Existem métodos de barreira como a camisinha e o DIU, pílula anticoncepcional, injeção anticoncepcional, entre outros. Converse com seu ginecologista e, juntos, vocês devem escolher o método mais indicado para o seu organismo e estilo de vida.

O clitóris é responsável por potencializar o orgasmo feminino

O tão falado clitóris é um órgão bem pequenininho localizado na abertura superior da vagina e tem como única função dar prazer sexual à mulher. Ao ser estimulado, ele ajuda a estimular o orgasmo e fazer com que você chegue lá mais rápido. Então, agora é só localizá-lo e conversar com seu parceiro como ele pode te surpreender ainda mais.

A higiene íntima após a relação sexual é fundamental

Depois da relação sexual, o primordial é ir ao banheiro urinar, explica a ginecologista Carolina Ambrogini: “É necessário para  que possíveis bactérias que tenham entrado na bexiga durante a relação sexual sejam eliminadas, evitando um possível infecção urinária”. Se for possível, a médica também recomenda fazer uma higienização da área íntima após a relação: “Deve-se lavar externamente com água, mas sem realizar a ducha vaginal, pois esta pode impulsionar bactérias sexualmente transmissíveis para dentro do útero”, alerta.

Suas visitas ao ginecologistas precisam ser regulares

Agora que você iniciou a vida sexual, ir ao ginecologista com regularidade torna-se mais importante. O exame preventivo feito pelo médico, por exemplo, é fundamental para prevenir o câncer do colo do útero e identificar possíveis DSTs.

2018 © Carolina Ambrogini

Desenvolvido por S2W