Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.
o que é Infecção urinária

Infecção urinária: o que é e quais são as principais causas

A infecção urinária é um quadro infeccioso que pode atingir qualquer parte do sistema urinário, como a uretra, bexiga e os rins, dependendo da extensão. Normalmente, os sintomas são bem incômodos: uma dorzinha na hora de urinar, cheiro forte na urina, às vezes aparece sangue no xixi, dor abdominal e febre em casos mais graves. O Só Delas conversou com uma ginecologista para saber quais são as principais causas e os diferentes tipos de infecção do trato urinário. Confira!

O que causa infecção urinária?

Segundo a ginecologista Carolina Ambrogini, a infecção urinária é causada por bactérias que se aderem à parede da bexiga, causando inflamação. Essas bactérias geralmente são de origem intestinal e podem contaminar a bexiga por diversas razões: higiene inadequada, relações sexuais (pela proximidade da vagina com o ânus, acabam entrando bactérias na bexiga neste momento), baixa imunidade, alterações hormonais, entre outros fatores.

Quais são os tipos de infecção urinária?

Os tipos e causas da infecção variam de acordo com o local que ela acomete. “A chamada infecção baixa atinge a uretra e a bexiga, já a alta é quando atinge os rins”, explica a médica. Esses tipos também são conhecidos como cistite (bexiga), uretrite (uretra) e pielonefrite (rins). De acordo com a especialista, o tratamento geralmente é feito com antibióticos, exceto quando a infecção atingiu os rins, o que pode exigir uma internação hospitalar.

Mulheres com vida sexual ativa têm mais tendência a ter infecção urinária?

Para a médica, algumas mulheres podem ser mais propensas a ter infecção urinária quando têm a uretra muito próxima do canal vaginal, o que facilita a entrada de bactérias intestinais. Para evitar esse problema, a dica da ginecologista é sempre urinar após as relações sexuais e fazer uma higiene adequada, evitando o contato das fezes com a vagina. Porém, muito cuidado, o excesso de higiene pode afetar a flora vaginal normal, que é superimportante para evitar infecções tanto vaginais quanto urinárias.


O artigo acima foi escrito originalmente para o site Só Delas.

Crédito de imagem: Shutterstock

2017 © Carolina Ambrogini

Desenvolvido por S2W