Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.

Estar grávida não é sinônimo de comer por dois – essa crença já caiu faz tempo, como você deve saber. O ideal é engordar entre 9 e 12 quilos, em média. Mas isso depende do seu índice de massa corporal (IMC) ao engravidar. As obesas, por exemplo, devem engordar menos, enquanto as que estiverem abaixo do peso, um pouco mais do que aquelas com peso adequado. Vale a pena estar atenta ao quanto você engorda nessa fase, pois a obesidade na gravidez está associada a inúmeros riscos, tanto para a mãe quanto para o bebê, de diabetes gestacional a pré-eclâmpsia. Selecionei algumas dicas para ajudar você nessa tarefa!

1) Nada de comer por dois

Como falei, isso é mito. O ideal é aumentar em apenas 300 calorias a mais por dia a ingestão de alimentos na gravidez. Isso equivale a um iogurte e alguns biscoitos integrais, por exemplo. A minha recomendação é, assim que souber o resultado da gravidez, agendar uma consulta nutricional, além da visita ao obstetra.

2) Mexa-se!

Antigamente as gestantes achavam que os exercícios físicos podiam fazer mal ao bebê, outro mito que foi derrubado. Cada vez mais pesquisas provam os ganhos que eles trazem nessa fase. Além de melhorar o bom humor da gestante (por conta da ação de substâncias liberadas durante as atividades físicas), ajudam a diminuir os desconfortos, como as dores nas costas. Outra vantagem, claro, é controlar o ganho de peso. Mas antes de começar uma atividade, você precisa da autorização do seu médico, ok?

3) Fracione as refeições

Essa dica também vale para evitar os enjoos. Além das três principais refeições, inclua um lanche pela manhã, um à tarde e um na ceia. Assim você não fica muitas horas sem comer e nem sai devorando tudo o que encontrar pela frente!

4) Evite alimentos industrializados

Nem sempre é fácil, mas vale a tentativa. Já que os alimentos industrializados, geralmente, contém índices altos de sódio, o que aumenta os inchaços. Isso sem contar que também possuem mais açúcar e gordura saturada.

5) Vá de integrais

Arroz, massas e biscoitos não precisam ficar fora do seu cardápio na gravidez. Até porque carboidratos são fundamentais para dar energia nessa fase. No entanto, troque pelos integrais quando possível. A principal razão é porque, por conter mais fibras, eles garantem a saciedade por mais tempo.

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp