Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.

Já faz tempo que gravidez era sinônimo de comer por dois, como diziam a sua avó e as suas tias. Claro que não é o momento para fazer dietas radicais. O ideal é aumentar a ingestão em 300 calorias a mais por dia, mas somente a partir do segundo trimestre.

Para controlar o ganho de peso, vale a pena fracionar as refeições. Além das três principais, inclua um lanche pela manhã, um à tarde e um na ceia. Assim você não fica muitas horas sem comer e sai devorando tudo o que encontrar pela frente! Outra dica beeeem básica é fazer atividades físicas. Saia para caminhar, matricule-se na hidroginástica (oportunidade para trocar figurinhas com outras gestantes!), faça yoga. Desde que o seu obstetra libere, lógico. Além de gastar calorias, os exercícios vão fortalecer a sua musculatura, o que vai ser fundamental para aguentar o barrigão, e te deixar mais tranquila. Isso porque liberam endorfinas no organismo, substâncias que ajudam a gente a relaxar.

Agora que já falamos o essencial, vamos ao que interessa. Quantos quilos posso engordar, afinal? A resposta é: vai depender do seu IMC (Índice de Massa Corporal) ao engravidar. Use a tabela abaixo como referência, mas não exagere! Converse com o seu médico e, juntos, avaliem o seu caso, pois cada gravidez é única.

IMC PESO
Mulheres com IMC  normal (entre 18,5 a 24,9) 11 a 16 kg
Mulheres com IMC que indicam sobrepeso (entre 25 e 29,9) 7 a 11 kg
Mulheres obesas, isto é, com IMC igual ou superior a 30 5 a 9 kg
Mulheres abaixo do peso 12,5 a 18 kg

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp