Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.
   Existem muitos seres vivos chatos habitando este planeta, mas nenhum é tão insuportável como o HPV!
   Sim, é ele, o infeliz do Papiloma Vírus Humano! 
   Sabe aqueles chatos que grudam? Que não te deixam  curtir a festa? E que parecem estar em todos os lugares? O próprio!
   Ele se subdivide em várias categorias, mas existem duas principais: 
– Os que causam umas verrugas nos lugares mais indiscretos possíveis, são os chamados de Baixo Risco
– Os do segundo grupo, não dão as verrugas, mas te fazem ficar neurótica com medo de ter câncer no colo do útero, na vulva, vagina e até nele, no ânus. São os chamado de Alto Risco. Estes, são como a melhor amiga que dá em cima do seu namorado, traiçoeiros. Não dão sintoma nenhum, quando você vê, dão o bote!
   Isto de serem classificados em Baixo ou Alto Risco vai de acordo com a chance de causarem uma neoplasia, ou seja, um tumor maligno, cujo colo do útero é o alvo favorito.
   Calma, calma, não precisa se descabelar! Vocês não tem ideia da quantidade de pessoas que já entraram em contato com este Chato com C maiúsculo. Não dá nem pra dar uma estimativa, porque o bicho é mega-hiper-pop. Se todas as mulheres que já entraram em contato com ele fossem ter câncer, a raça humana estaria em perigo de extinção… 
   É que na grande maioria das pessoas, ele só gruda um pouquinho, porque o sistema imunológico dá logo um chega-pra-lá nele, que nem deixa o vírus acordar, ele fica latente. A média de tempo da infecção é de três anos.
   E se o bicho acorda ou seu sistema imunológico “comeu bola”? Também não precisa se descabelar, ele não vai provocar câncer da noite para o dia, primeiro causam uma séria de lesões que são chamadas de Lesões Pré-malignas ( também muito Malas, diga-se de passagem), que tem três estágios e progridem lentamente     (em torno de dez anos) até tornarem-se um câncer. E, o principal: só se tornarão um tumor se você esquecer da vida e não procurar o seu ginecologista. SÓ TEM CÂNCER DE COLO DE ÚTERO QUEM NÃO FAZ EXAME DE PAPANICOLAU!!!  Entendeu? 
   Não há tratamento para o HPV, mas há VÁRIAS opções de tratamento para as lesões pré-neoplásicas que ele provoca! Por isto, repito, só vai ter câncer de colo quem se descuidar.
   É triste, mas a incidência dos tumores malignos  de colo é um grande marcador da assistência médica de um país. Sabe quantos casos de câncer de colo existem por ano na Suiça? Perto de zero. Sabe quantos existem nos estados do Norte e Nordeste do Brasil? Nem te conto de tão alto. Nestes estados, ultrapassam a incidência de câncer de mama.O HPV é pior lá? Não , são as mulheres que não tem acesso ao exame. Uma vergonha, hein Dilma?
   Mas voltando à malísse (neologismo?) do HPV, ele é tão, mas tão chato que nem a camisinha consegue te proteger 100% do contágio ( mas não vai deixar de usar, tá?). Sim, porque um simples contato com uma área infectada pode transmitir o vírus. Os médicos, quando tratam do vírus com cauterizações tem que usar óculos e máscaras para não se contaminarem com partículas do vírus que se soltam pelo ar no processo… Não falei que ele era o Top-Ten?
   Mais razões para ser o vencedor na categoria Chato-de -Galocha:
– Te faz desconfiar do seu parceiro, gera uma confusão danada…
– Sexo é uma coisa tão boa, tinha que incomodar justo neste quesito?
– Te faz ficar com mil caraminholas na cabeça, com relação a ter ou não câncer, usar ou não usar camisinha com seu parceiro estável e por aí vai…
– Te obriga a ir ao ginecologista ( tá, eu sei que não somos o seu passeio favorito!) com mais frequência
– Os tratamentos, se necessários, são em regiões muito delicadas e te deixam na castidade por um tempo
– E os exames, então, que malas…Se incluem a palavra biópsia, já é motivo para perder o sono…
   Queridas, agora, é sério. Falei brincando, como faço nas minhas consultas, mas não deixem de guardar o recado: o HPV está aí , tem tratamento para as chatísses que ele provoca, é só não sumir, ok?
   Ah, e não poderia deixar de falar da vacina! Sim, seu mala, estamos conseguindo nos imunizar contra você!
   Existem dois tipos: a bivalente que só pega os maus e a tetravalente que pega os maus e também os das verrugas. Se me perguntarem, indico a última, porque ter verruga não causa câncer, mas é master-mega-chato! E feio! 
  Podem vacinar moçoilas e moçoilos dos 9 aos 25 anos. De preferência os que não começaram a vida sexual. No entanto, esta idade de vacinação pode ser flexibilizada de acordo com cada caso. 
   Infelizmente a vacina não trata quem já tem o HPV…
   Mas bola pra frente! para todo problema há uma solução!
   Bjs!
   

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp