Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.
   Uma das coisas maravilhosas de ter filhos é reviver a própria infância. Acabo de fazer a minha filha dormir contando de como eu adorava brincar no quintal da minha vó Júlia.
   A casa dela, no interior de Goiás, era um verdadeiro parque de diversões nas minhas férias. Tinha um quintal enorme, inacreditável para uma casa na cidade. Tinha pomar com direito a abacateiro, horta com os mais variados legumes e hortaliças e até, pasmem, plantação de morangos! Você sabe como é o pezinho de morango? E como a fruta fica branquinha quando ainda está verde? Eu sei, graças à minha avó. E os “cachinhos” do pé de chuchú? E pintinho saindo do ovo? Você já viu?
   Minha avó era daquelas mulheres faz-tudo e sem-preguiça. Fazia compotas de frutas que ficavam todas expostas, curtindo, em cima do armário da cozinha. O doce de leite, no tacho de cobre, ela mesmo dava o ponto. Filha de árabes, na cozinha, não tinha melhor. E fazia de tudo para agradar! Chegávamos de viagem (eu morava em Goiânia) nos esperando com um bolo xadrez, de morango, chocolate e baunilha. Não sei como ela fazia aquilo, até hoje nunca vi igual.
   Ela ainda arrumava tempo pra costurar e bordar vestidinhos lindos para as netas. Até me ensinou a fazer tricot, fiz um único cachecol na vida sob sua supervisão.
   Nas férias sempre ía passar pelo ao menos uma semana com ela e brincava o dia inteiro. A noite, antes de dormir, ela vinha com a gemada, para recuperar as energias e brincar de novo no dia seguinte.
   Não fui pra Disney quando era criança e não fez a menor falta. Hoje, quando busco as memórias da minha infância, me vem uma sensação de plenitude. Muitas vezes ficamos “quebrando a cabeça” pensando em atividades para ocupar o tempo das crianças, enquanto que elas se satisfazem com pouco. Baldinho e terra, por exemplo, são sucesso garantido. Quero que meus filhos tenham a noção de que a felicidade está nas coisas mais simples e singelas, como o cheiro de biscoito assando no forno (aí, que saudade).
   Vó, onde quer que você esteja agora, quero lhe agradecer. Obrigada por ter me proporcionado as memórias mais preciosas da minha infância. Muitas saudades de você!
 Bjs

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp