Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.

Corrimento, coceira e vermelhidão na região da vagina. A candidíase genital é uma infecção causada pelo fungo Candida albicans, daí a origem do nome da doença. Além dos sintomas que já falamos, ela também pode provocar dores durante as relações sexuais. Acredita-se que 75% das mulheres terá um episódio da doença ao menos uma vez na vida. Geralmente, esse fungo vive dentro do nosso organismo sem causar maiores problemas. Mas em algumas situações, especialmente quando ocorrem alterações hormonais, ele pode se multiplicar além da conta e causar desconforto.

Alguns fatores, portanto, aumentam os riscos da doença. Entre eles, estão o uso discriminado de antibióticos, imunidade baixa (assim, os fungos se proliferam com mais facilidade), relações sexuais sem proteção e roupas inadequadas (muito apertadas ou de tecidos que impedem a transpiração do local).

O diagnóstico é feito por exame clínico ou, se for o caso, o ginecologista pode pedir um exame laboratorial (papanicolau). Já o tratamento consiste no uso de pomadas tópicas e/ou medicamentos orais, durando em torno de até duas semanas.

E tem como prevenir? A principal maneira é evitar os fatores que aumentam os riscos e provocam o desequilíbrio da flora vaginal: estresse e alimentação inadequada; uso de roupas apertadas; anticoncepcionais de alta concentração hormonal; lingerie de tecidos sintéticos e ficar muitas horas com o biquíni molhado. Na dúvida, converse com o seu médico, ok?

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp