Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.

Gente, aquela cena da Natalie (da novela das 9) está dando o maior bafafá. Para quem não acompanha a novela (não é o meu caso que sou noveleira assumida), a Natalie, interpretada por Débora Secco, durante uma briga com seu marido que a humilhava, soltou esta: ” Você acha que é o maior garanhão, mas caiu no conto do orgasmo fingido! Não sabe dar prazer a uma mulher!” Sim, orgasmo virou assunto de novela!
Hoje dei uma entrevista para o Diário de São Paulo (vai sair neste Domingo) e fiquei um tempão conversando com a jornalista sobre o assunto (orgasmos fingidos) e chegamos a algumas conclusões:
– Toda mulher já deve ter fingido pelo ao menos uma vezinha…
– Não tem como os homens saberem se a mulher teve ou não (se a mulher exagerar muito na encenação, ele pode até desconfiar…).
– A mulher que finge sempre, não abre o jogo porque tem vergonha e medo de ferir a masculinidade do homem. Finge para não gerar constrangimento.
– A mulher que encena seus orgasmos, tem, portanto, diálogo zero, com seu parceiro. E se tem diálogo zero, deve ter intimidade zero também!
– A maior prejudicada é a mulher-atriz, porque o homem tá tranquilão, achando que está arrasando.
– A obrigação de dar orgasmos não pode ser só do homem, aliás, a mulher tem que fazer a maior parte!
– Fingir orgasmos gera frustração, mal-humor,  e enxaqueca (também fingida).
– Orgasmo é, antes de tudo, auto-conhecimento. Quando já se sabe o caminho das pedras, tudo fica mais fácil e a mulher pode conduzir (sutilmente, é  claro) seu parceiro até o paraíso.
– Vá lá, não precisa ter orgasmo em 100% das vezes, mas também não precisa fingir, né?
– E, pra finalizar, ter orgasmos não muda muito a vida, mas que é muito bom, é!

Bjs, e nada de fingir, hein? Se não ter orgasmos é um problema constante, encare a questão com honestidade  e procure ajuda! Tem tratamento, viu? (Projeto Afrodite- UNIFESP- Ambulatório de sexualidade feminina- Tel: 11 5549-6174. É totalmente gratuíto.Você me encontra lá!)

PS- Não tem melhor orgasmo fingido do que este no cinema. E o filme é bem fofo!

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp