Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.

Durante a gravidez, o nosso organismo precisa, sim, de mais nutrientes e por motivos óbvios. Tem um novo ser crescendo dentro de você, amiga. Não é à toa que a fome também aumenta… Por isso, boa parte dos obstetras indica suplementos vitamínicos durante os nove meses. Mas será que eles são realmente necessários? A recomendação da Organização Mundial da Saúde é que a mulher comece a tomar suplementos de ácido fólico (que são vitaminas do complexo B) pelo menos três meses antes de engravidar. Isso porque o nutriente é importante para combater malformações no tubo neural, que é uma estrutura embrionária que vai dar origem ao sistema nervoso. Uma vez grávida, quem mulher ainda não estava tomando o suplemento diariamente deve começar imediatamente e as demais podem continuar: todas têm de ingeri-lo até o fim do primeiro trimestre. Inúmeros estudos já comprovaram os benefícios do ácido fólico, tanto que hoje em dia existe uma lei que obriga os fabricantes de farinhas de milho e de trigo a enriquecê-las com o nutriente. Além do ácido fólico, a OMS recomenda também a suplementação de ferro durante toda gestação. Para fabricar pessoinhas, afinal, é preciso… sangue! E um dos componentes fundamentais no processo é o ferro. Há o risco até mesmo da mulher desenvolver anemia caso não se cuide. E as demais vitaminas, como ficam? Tudo vai depender da alimentação da gestante. Se for equilibrada, é possível, sim, oferecer tudo o que o bebê demanda, digamos assim. Principalmente se você tiver o acompanhamento de uma nutricionista especializada em gestantes. O problema é que, mesmo as mais regradas, podem ter um ou dois dias em que mal tiveram tempo de engolir o almoço – que dirá montar um prato com vitaminas, fibras, proteínas e carboidratos na quantia adequada! Outro problema é que algumas mulheres podem enjoar de certos alimentos. Por isso, tudo é uma questão de conversar com o obstetra, que vai avaliar o seu caso separadamente e, se achar necessário, indicar o suplemento ideal para você.

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp