Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.

Depois de queimar soutiens, conquistar o mercado de trabalho e fazer e acontecer nesta vida “moderna”, parece até contrassenso falar que as mulheres tem uma certa vergonha da própria vagina. 
   Digo vergonha, por que não é possível tanta falta de intimidade com algo que é seu, que faz parte do seu corpo, que te pertence e é só sua, para o seu bel prazer.
   No meu consultório ginecológico tenho um espelho acoplado ao foco de luz e faço questão de apresentar à sua dona, tão misterioso órgão. Umas virão o rosto: “cruz-credo, doutora, esconde isto daí!”. Outras arregalam os olhos: “Noooosa, ela é assim?”. Algumas olham curiosas, fazem perguntas, querem ser apresentadas.
    Faço questão de explicar a anatomia e a função, o básico que poucas sabem sobre si mesmas, afinal falta coragem de se conhecer, de se olhar e se tocar à fundo. Muitas sentem até “nojinho”. Acho estranho, como assim, nojo de si mesmo?
   Homem não tem disto não, mulherada. Pegam nos seus pênis, como verdadeiros donos da situação. E coçam, mexem e amam aquilo, cheios de orgulho. Zero de vergonha. Zero de nojo.
    A vagina, coitada, segue obscura, tímida. É uma pena, porque trata-se de um órgão fantástico. É estreita, mas tem uma capacidade elástica extraordinária. Passam bebês por ali, você sabia? Nesta geração cesariana, é sempre bom lembrar.
   É também úmida e quente, se umidifica e esquenta em graus variáveis. Pode pegar fogo se você deixar e te levar para viagens interplanetárias, basta saber estimular. Mas para saber, precisa antes conhecer.
   Um espelhinho pode ajudar, mas o seu tato é fundamental na exploração. Aconselho também a se cheirar, o odor da secreção vaginal pode indicar doenças. Se você conhecer o seu cheiro, vai saber quando algo estiver errado. Se você criar intimidade com a sua vagina, vai até saber o seu período fértil, olha que máximo!
   Sem falar, que vai poder dizer pro seu parceiro, que se ele mexer assim ou assado, vai te levar à loucura. Sim, sua vida sexual vai melhorar, seu relacionamento consequentemente também… tudo isto por causa dela, sua vagina! Prazer em conhecer!

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp