Open/Close Menu Site da Dra. Carolina Ambrogini, Ginecologista e Obstetra em São Paulo - SP, Especialista em Saúde Feminina e Sexualidade, consultório na Vila Olímpia.
Terapia Sexual

Terapia Sexual

O que é a Terapia Sexual?

Terapia Sexual é uma abordagem terapêutica focada na resolução de problemas na vida sexual. Sabemos que a sexualidade faz parte da vida de qualquer pessoa e é influenciada por diversos fatores. Por ser tão complexa, é comum que , em alguma época da vida, uma pessoa possa ter que lidar com dificuldades nesta área, seja devido à uma doença, uma fase ruim no relacionamento ou até mesmo, resquícios de uma educação rígida.

Como é feita a Terapia Sexual?

O profissional irá abordar o problema sem realizar julgamentos e vai deixar a pessoa à vontade para que ela conte o que a está afligindo na vida sexual. Será feita uma investigação completa dos fatores biológicos, já que diversas doenças ou condições podem prejudicar a sexualidade. A história de vida, bem como as influências culturais, de mitos ou tabus será questionada, além de uma avaliação da vida sexual pregressa e com o parceiro (a) atual. Um ou mais fatores podem ser apontados como a causa da dificuldade e o profissional irá trabalhar em cima disto. Primeiro, desmistificando e esclarecendo, depois sugerindo exercícios para ajudar a pessoa a superar o problema. Muitas vezes, uma boa orientação já é o suficiente.

A Terapia Sexual é como uma sessão de terapia psicológica?

Depende de cada caso. Uma medicação, por exemplo, pode ser indicada ou até mesmo exercícios perineais para ajudar no relaxamento dos músculos do períneo ou o enrijecimento deles no caso de flacidez. No entanto, por mais que o problema seja físico, uma boa orientação é fundamental para que a pessoa possa se sentir mais segura e dona da sua própria sexualidade.

Se a questão for fundamentalmente psicológica, o profissional irá propor algumas sessões para debaterem o assunto, no entanto, a terapia sexual é mais dinâmica do que a psicoterapia, pois visa resolver o problema sexual, utilizando de técnicas desenvolvidas para esta finalidade.

Devo realizar a Terapia Sexual com meu parceiro (a)?

Também depende de cada caso. Se o problema aparece por conta da dinâmica do relacionamento, o parceiro (a) será muito bem vindo sim. Sabemos que quando este se envolve, a melhora é muito mais rápida. Em diversos casos, o problema sexual é dos dois ou o problema de um causa o do outro, por isto o terapeuta de casais está habituado a trabalhar com os dois. É interessante observar que a melhora na sexualidade do casal faz com que o relacionamento também se torne mais satisfatório com cumplicidade e união.

Como eu, Dra Carolina, faço a Terapia Sexual?

Sou médica ginecologista, porém sempre me interessei pela sexualidade. Ainda na residência médica procurava estudar sobre o assunto e sempre perguntava para as minhas pacientes sobre sua vida sexual. Elas se mostravam espantadas por um médico perguntar ativamente sobre isto, já que os ginecologistas no geral, focavam mais nas questões físicas. Onde fiz minha residência, na UNIFESP, não havia um setor de sexualidade o que me inspirou a realizar cursos e especializações para criar, junto com outros profissionais, um ambulatório lá. Assim nasceu, em 2005, o Projeto Afrodite que até hoje ajuda as mulheres a resolver seus problemas sexuais e a se empoderar de sua sexualidade. Dentro da universidade, realizo pesquisas na área, conclui um mestrado e estou com meu doutorado em andamento, todos em sexualidade feminina.

Aprendi muito estes anos todos com a minha experiência lá e também com os casos do consultório. Também realizei um curso de terapia de casal para aprender técnicas para trabalhar com casais.

Costumo falar que teria sido bem realizada sendo psicóloga, mas calhou de ser médica também, o que me dá a oportunidade de enxergar os problemas sexuais de uma forma ampla, considerando as questões físicas e utilizando algumas medicações se achar necessário.

Posso dizer, pela minha experiência, que não adianta “tapar o sol com a peneira” e ir protelando um problema sexual. Uma hora o “caldo entorna”, pois o sexo é algo fundamental para a realização pessoal e para a felicidade de um relacionamento amoroso. Por isto, tenha coragem de encarar a sua questão, pois há tratamento eficaz para a maioria dos casos.

2020 © Carolina Ambrogini

Website gerenciado por Meu Consultório Digital

Siga-me nas redes sociais
InstagramWhatsApp